“Opaió” duplicado

A delação da Odebrecht vai duplicar o número de inquéritos da Lava Jato, diz o Estadão.

Um dos novos setores investigados é o da petroquímica.

“Nos anexos apresentados pelos advogados da construtora, os executivos confirmam que a Braskem foi uma das principais unidades do grupo a colocar dinheiro no ‘caixa’ do Setor de Operações Estruturadas – o departamento da propina”.

Os leitores de O Antagonista sabem o codinome de Jaques Wagner, o cacique petista que embolsou dinheiro do esquema da Braskem: “Opaió”.

Faça o primeiro comentário