ACESSE

Operação Chabu faz busca em companhia líder de troca eletrônica de dados

Telegram

A Nexxera, companhia catarinense líder no mercado de troca eletrônica de dados (EDI, na sigla em inglês), foi alvo de busca e apreensão no âmbito da Operação Chabu.

A Polícia Federal investiga quadrilha especializada em vazamento de informações sigilosas de operações, além de um possível vínculo com os recentes ataques de hackers.

Em maio, a Nexxera figurou no noticiário econômico após fechar acordo com o C6 Bank, banco digital criado por ex-sócios do BTG Pactual.

Em nota, a assessoria de imprensa da companhia disse que está colaborando com a PF e desconhece o motivo da investigação.

Sediado em Florianópolis, o Grupo Nexxera processa mais de 2,5 bilhões de transações por ano entre empresas e bancos.

 

Você não vai ler hoje nada mais importante do que isto acerca do roubo e vazamento de mensagens de Sergio Moro e de procuradores da Lava Jato: LEIA AQUI

Comentários

  • Carmen -

    Está ficando quente....

  • Paulo -

    TEM CHEIRO, E SO FAREJAR.

  • Alexyevy -

    Eita, fogos caramuru não dão chabu rs

Ler 33 comentários