ACESSE

Operação Checkout

Telegram

A PF realiza na manhã desta terça-feira a operação Checkout, contra um grupo que fazia cancelamentos indevidos de autuações de tributos federais, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, diz a Crusoé.

As investigações preliminares mostraram que a conta bancária em nome de uma empresa fantasma teria recebido mais de 39 milhões de reais de uma companhia do ramo de turismo, pagos para viabilizar o cancelamento pelo CARF de uma autuação da Receita Federal no valor de 161 milhões de reais.

Leia mais aqui.

LAVA TOGA: A CHANCE INÉDITA DA LAVA JATO. Leia aqui

Comentários

  • Reinaldo -

    Como todos podem ver o problema dos altos índices de criminalidade não está na polícia, é função da Justiça e da sensação de impunidade que causa.

  • JOSE -

    Servidor público roubando o erário. Esses aí também não querem a reforma da previdência.

  • claudio -

    25%. Serviços bem caros esses, hein! Quem pagou, quem corrompeu, quem é o corruptor? Os servidores são apenas corrompidos, corruptos passivos. Cadê quem pratica o ato de corromper????

Ler 15 comentários