ACESSE

Operação contra desmatamento gastou menos de 1% do previsto

Telegram

A operação militar Verde Brasil 2, criada em maio para combater o desmatamento na Amazônia, executou apenas 0,7% do orçamento previsto até o momento.

A ação, coordenada pelo general Hamilton Mourão, contou com um aporte inicial de R$ 60 milhões.

Segundo levantamento do Estadão, apenas R$ 2,323 milhões (3,8%) haviam sido empenhados até sexta-feira passada, dia 3.

Desse valor empenhado, somente R$ 454 mil já tinham sido efetivamente pagos (0,7%).

O Ministério da Defesa informou que “o assunto recursos está sendo equacionado no âmbito do Conselho Nacional da Amazônia Legal, responsável pela coordenação do tema”.

“Uma vez que os fundos específicos para a Operação Verde Brasil 2 ainda não foram disponibilizados pela área econômica, o Ministério da Defesa adiantou recursos orçamentários previstos específicos da rubrica de (Garantia da Lei e da Ordem) GLO para o pagamento de horas de voo iniciais da operação”, complementou a pasta em uma segunda nota.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários