Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Operação da Polícia Federal mira fraudes em contratos da UFRJ

A Polícia Federal prendeu dois empresários na ação desta quinta; três servidores do Instituto de Psiquiatria da universidade foram afastados
Operação da Polícia Federal mira fraudes em contratos da UFRJ
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (8) a segunda fase da Operação Pronta Emergência, que mira supostas irregularidades em contratos do Instituto de Psiquiatria da UFRJ.

Dois empresários foram presos: um na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, e o outro em São Francisco, em Niterói. Além disso, três servidores da universidade foram afastados.

As investigações apontam que, em troca do recebimento de vantagens indevidas, eles se associaram criminalmente aos empresários, a fim de direcionar licitações.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO