Operação da PF prende irmão da senadora Rose de Freitas

A polícia apreendeu documentos e computadores em casa da parlamentar em Vitória
Operação da PF prende irmão da senadora Rose de Freitas
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

A Operação Corsários, deflagrada hoje pela Polícia Federal, prendeu Edward Dicknson de Freitas, irmão da senadora Rose de Freitas, do MDB do Espírito Santo, que também é alvo das investigações.

Agentes da PF apreenderam documentos e computadores em uma casa da parlamentar em Vitória. A operação precisou ser autorizada pelo STF, em razão do foro privilegiado de Rose.

A senadora, que ainda não se pronunciou sobre a operação, é investigada por suposto envolvimento em fraudes de pelo menos R$ 9 milhões em licitações na Companhia de Docas do Espírito Santo (Codesa) entre 2015 e 2018.

A Codesa é uma estatal federal que administra o Porto de Vitória. O irmão da senadora preso temporariamente na manhã de hoje atuava da Codesa.

Segundo a PF, houve pagamento de propinas a funcionários da estatal. O grupo teria lavado dinheiro por meio de escritório de advocacia e compra de imóveis de luxo.

São investigados crimes de concussão, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa, fraude a licitações e lavagem de dinheiro.

Ao todo, 44 policiais federais cumpriram dois mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão em Brasília e em Vitória, Cariacica e Serra. Um dos investigados foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de armas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO