Operação da PF tem como alvo ex-juiz do TRE de Minas Gerais

A Polícia Federal faz nesta manhã, em Belo Horizonte, uma operação para levar dois empresários e um advogado para prestar depoimento.

A suspeita, registra o G1, é que o trio teria feito um acordo para ganhar na Justiça uma ação contra o Banco Rural.

Segundo as investigações, os empresários José Elias da Silva Júnior e Luciano José da Silva, sócios da empresa Packfoods Comércio Empacotadora e Beneficiadora, ganharam uma ação no valor de mais de 2 milhões de reais com a ajuda do advogado Bady Elias Curi Neto, ex-juiz do TRE de Minas Gerais, que teria intermediado pagamento de propina.

O ministro Herman Benjamin, do STJ, autorizou a operação.

Você poderá OUVIR todas as 100 notícias diárias em O ANTAGONISTA+. Leia aqui

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Richard disse:

    Bad boy....Bady...e não assinaram a Lavatoga....Flávio Bolsonaro nunca terá mais votos.

Ler comentários
  1. MARIA disse:

    Detalhe: ele, (Bady), escreve na coluna de um jornal de BH, substituindo o titular da coluna "Opinião sem medo"... Os temas são: escândalo de corrupção...propinas... Isso, aí!!!!!!!

    1. É filho de um Desembargador, se vê como está o judiciário. Lava Toga urgente.

  2. interior disse:

    Corrija isso. Ex-juiz não. Esse advogado é indicado politicamente para ser juiz. Não é concursado

  3. Ataíde disse:

    Esta é a cara do Judiciário em nosso país.

    1. Enquanto prevalecer o quinto constitucional (advogados são indicados) e o critério de indicação para o STF(indicação política), assim será. Juiz é quem entra pela porta da frente, por concurs

  4. paulo disse:

    Esse juizeco queria comer lagosta e beber vinho cinco estrelas em Paris, e não em Brasília. E quem não quer?

    1. ??? Às custas de dinheiro roubado tenho certeza de que muita gente não quer. Prefere comer caranguejo na praia, mesmo.

  5. Goreba disse:

    Os "Elias" não seriam parentes próximos??? Lava toga é imprescindível para por fim aos esquemas criminosos que ainda existem!!!

  6. Maria disse:

    Bem vinda a LAVA JATO dos Togados!!! A justiça brasileira no Tapetão!! Vergonha Nacional!!

  7. Ronald disse:

    Juiz sem concurso dá nisso... para que essas vagas sem concurso meu Deus...? Para isso, explicado...

  8. Júlio disse:

    Essa é a cara da DIREITA e do judiciário corrupto desse país. Impossível esperar qualquer coisa melhor que isso.

  9. GCJ disse:

    Lava toga... Ops. Família BOLSONARO é contra

  10. RobertoSilvaRJ disse:

    Essa composição dos tribunais de justiça com gente desqualificada, é inaceitável. O que pode dizer o Sr. Toffoli sobre o assunto? Creio que não dirá nada.

  11. Heitor disse:

    Vamos corrigir essa notícia: ele compôs o TRE como membro da advocacia; é, portanto, um advogado, embora tenha sido, temporariamente, membro do TRE/MG, na qualidade de representante da advocacia.

  12. Elaine disse:

    STF e OAB impedirão que o Advogado seja interrogado.

  13. J.TAJRA disse:

    Márcio Thomaz Bastos era considerado o "maior" advogado do Brasil, NÃO por suas habilidades jurídicas, mas por ter bom relacionamento com juízes de Altas Cortes, esse aí parece ser igual.

  14. SPA disse:

    Foi-se o tempo em que a simples menção ao nome de um juiz suscitava ampla admiração.

    1. Leia a matéria. Ele é advogado. Assim como tofolli, lewandoviski...não prestaram concurso