Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Operação mira venda de sentenças no TJ-RS

Segundo o MPF, há indícios "consistentes e diversificados" de corrupção envolvendo um desembargador da Corte, que não teve o nome divulgado
Operação mira venda de sentenças no TJ-RS
Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta quinta-feira (30) uma operação que mira a venda de decisões judiciais no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), diz o Estadão. Segundo o MPF, há indícios “consistentes e diversificados” de corrupção envolvendo um desembargador da Corte, que não teve o nome divulgado.

Três investigados são alvos dos mandados de busca e apreensão, cumpridos em Porto Alegre e Venâncio Aires. A operação foi autorizada pela ministra do STJ Laurita Vaz, relatora de um inquérito instaurado na Corte para investigar as supostas irregularidades.

A ação de hoje é mais uma etapa da Operação Lava Toga da PGR, que já denunciou esquemas de corrupção de magistrados dos Tribunais de Justiça da Bahia e do Amapá. Além disso, investiga a Corte Estadual de Goiás.

Em nota, o TJ-RS disse que não foi comunicado sobre a operação, mas está à disposição para colaborar com a investigação.

“O Tribunal de Justiça do RS não foi comunicado sobre a referida operação. Pelas informações divulgadas até o momento, o assunto tramita em Brasília, em segredo de justiça. O TJRS está à disposição para colaborar no que for de sua alçada.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO