Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Operação vazou?”, disse lobista para o dono da Precisa, sobre operação Falso Negativo

Mensagem foi encaminhada por Marconny Faria às 5h11 a Francisco Maximiano. Na época, investigação apurava desvios relacionados à compra de testes Covid
“Operação vazou?”, disse lobista para o dono da Precisa, sobre operação Falso Negativo
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Mensagens de celular reveladas há pouco pela CPI da Covid apontam que o lobista Marconny Faria soube, de forma antecipada, da operação Falso Negativo, deflagrada em 2 de julho pelo Ministério Público do Distrito Federal.

Segundo Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Faria encaminhou uma mensagem às 5h11 a Francisco Maximiano, dono da Precisa Medicamentos, com a seguinte mensagem:

“A operação vazou?”

Depois disso, Faria ligou para Maximiano e pediu para retornar a ligação. A CPI suspeita que eles trocaram informações sobre a operação Falso Negativo.

“Esse é outro dado instigante. De onde vaza a notícia da operação?”, disse Rodrigues (Rede-AP).

Já às 9h11, segundo as mensagens, Ricardo Santana, que presta depoimento hoje à CPI da Covid, compartilhou com Faria matéria de O Antagonista com detalhes sobre a operação.

Mais notícias
TOPO