Oportunista e esquizofrênica

O Antagonista confirmou com as suas fontes em Brasília que o governo está fulo com Alexandre de Moraes. Considerou a sua entrevista oportunista e esquizofrênica. Se eram terroristas ameaçadores, com propósito inequívoco de cometer um atentado, não podiam ser considerados amadores; se eram amadores, então deviam ter sido presos sem alarde.