ACESSE

"Oposição não vai ajudar", diz líder do PDT sobre votação da MP antifraude

Telegram

O senador Weverton Rocha, líder do PDT, disse a O Antagonista que a oposição “não vai ajudar” na aprovação da MP 871, que trata do combate às fraudes no INSS e poderá caducar na segunda-feira.

Davi Alcolumbre marcou a votação para as 16h. Se não for votada na segunda, a MP caducará.

O PDT entende que “faltou na medida provisória a inclusão da responsabilização por parte do INSS de responder em tempo hábil para o segurado e não deixá-lo sem resposta e aposentadoria por meses a fio”.

O senador apresentou emendas que estabelecem prazos de 20 dias para que o INSS dê resposta positiva ou negativa ao segurado sobre o seu processo.

Na próxima segunda-feira, Weverton estará em missão oficial na Guiana Francesa.

 

Cinco meses após subir a rampa do Planalto, Bolsonaro enfrenta os desafios da 'política real'. CONFIRA

Comentários

  • Xavier -

    PDT não tem interesse no Brasil, só no bolso deles!!!

  • nery -

    O que vcs esperavao que esses saqueadores do pais fosse apoiar algo que pode colocar eles em cana esses turma do PDT sao uma Orcrim

  • Mario -

    Uma dúvida: a emenda proposta náo seria uma OBRIGAÇÃO do INSS? Pra que serve esse amontoado de funcionários públicos?

Ler 44 comentários