Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Oposição pede ao TCU que apure crime de responsabilidade por desvio de R$ 52 milhões

Recursos foram retirados da MP que liberou créditos extraordinários no Orçamento para o enfrentamento da pandemia
Oposição pede ao TCU que apure crime de responsabilidade por desvio de R$ 52 milhões
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Dez deputados federais de oposição pediram nesta terça (15) ao TCU que investigue se cinco atuais e antigos integrantes do governo cometeram crimes de responsabilidade no desvio de R$ 52 milhões reservados a campanhas de combate à Covid para fazer propaganda de ações do Executivo.

Para Elias Vaz (PSB-GO), a ação do governo violou a Medida Provisória nº 942, de abril de 2020.

“A MP é muito clara. Essa verba só poderia ser usada para o combate à pandemia, mas o governo Bolsonaro torrou dinheiro público de forma irregular para se promover, fazer palanque para 2022. O nosso objetivo é que o TCU fiscalize o crime de desvio de finalidade”, disse Vaz, em nota.

A representação cita como envolvidos nas irregularidades Eduardo Pazuello; Fabio Wajngarten; Samy Liberman, ex-secretário especial de Comunicação Social Adjunto; o ex-secretário executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco e o secretário-geral da presidência, Onyx Lorenzoni, que ocupava o Ministério da Cidadania na época da transferência de recursos para a Secom.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO