A ordem é "partir para cima" do TRF-4

Os ataques aos desembargadores do TRF-4 foram ordenados pelo próprio Lula.

Diz O Globo:

“Diante da avaliação de que as chances de condenação são altas, a ordem agora é partir para cima.”

E mais:

“Com a arrecadação de fundos em baixa e as férias de janeiro favorecendo a desmobilização dos militantes, o Instituto Lula assumiu a linha de frente da defesa do ex-presidente.

Se antes já foi discreto e evitou misturar-se publicamente ao PT, agora articula as ações dos principais líderes e movimentos sociais, além de dar o tom do conteúdo das redes sociais.

O próprio Lula tem distribuído instruções a todos.”

Comentários

  • ADALBERTO -

    ofensas as nossas sagradas instituições que compõem a Justiça podemos aceitar de fato e de direito a instalação do País Bolivariano tal como a institucionalização da maior ORCRIM do Universo predominando em nosso território e os integrantes dos Ministérios da Justiça e da Reforma Agrária serão indicados pelos Stédiles da vida de maneira inadmissível por uma democracia e estará falido o nosso Exército por acovardamento/inércia e omissão!

  • ADALBERTO -

    A ordem é “partir para cima” do TRF-4 Brasil 16.01.18 08:54 Os ataques aos desembargadores do TRF-4 foram ordenados pelo próprio Lula. Diz O Globo: “Diante da avaliação de que as chances de condenação são altas, a ordem agora é partir para cima.”E mais:“Com a arrecadação de fundos em baixa e as férias de janeiro favorecendo a desmobilização dos militantes, o Instituto Lula assumiu a linha de frente da defesa do ex-presidente. Se antes já foi discreto e evitou misturar-se publicamente ao PT, agora articula as ações dos principais líderes e movimentos sociais, além de dar o tom do conteúdo das redes sociais. O próprio Lula tem distribuído instruções a todos.” ADDHVEPP denuncia: Vamos constatar se existe Justiça no Brasil neste 24.01.18 pois se Lula for absolvido diante de todas estas ofens

  • Leopoldo -

    O crime de desacato é definido por ser praticado por particular contra a administração pública. Segundo o artigo 331, o delito é configurado por “desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela”, sendo que a pena é de detenção de seis meses a dois anos, ou multa. A figura penal do desacato não prejudica a liberdade de expressão, pois não impede o cidadão de se manifestar, “desde que o faça com civilidade e educação”. A responsabilização penal por desacato existe para inibir excessos e constitui uma salvaguarda para os agentes públicos, expostos a todo tipo de ofensa no exercício de suas funções. Se O Globo publica verdades, Lula permanecerá acima das Leis até na prática de desacato e ameaças aos servidores públicos?

Ler 102 comentários