'Ordem pública estava vulnerada', diz Laurita Vaz, sobre esquema de Witzel

Ordem pública estava vulnerada, diz Laurita Vaz, sobre esquema de Witzel
Foto: Sergio Amaral/STJ

Com Wilson Witzel no cargo, “a ordem pública estava vulnerada”, disse hoje a ministra Laurita Vaz, do STJ.

Segundo ela, o MPF apresentou indícios de que a operação contra o governador afastado do Rio e empresários envolvidos no esquema criminoso vazou para os investigados, o que demonstra que eles tinham meios de atrapalhar as investigações.

“Há evidências de vazamento de informações sensíveis, porque se constatou que os referidos foram informados da deflagração de operação”, disse a ministra. “Foram encontrados papeis rasgados no dia da operação.”

Laurita está votando agora na Corte Especial do STJ e vem concordando com o afastamento de Witzel do governo do Rio, conforme ordem dada em liminar do ministro Benedito Gonçalves, proferida na última sexta, dia 28 de agosto.

Leia mais: OS R$ 42 MILHÕES DO ADVOGADO DE BOLSONARO
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO