Os 10% de Bolsonaro

Jair Bolsonaro pode ser cassado pelo TSE “se ficar demonstrado que houve disparos ilegais num valor igual ou acima de 240 mil reais”, diz a Veja.

Segundo a reportagem, de fato, o corregedor do TSE, Luis Felipe Salomão, “teria confidenciado a pessoas próximas que o crime eleitoral estaria demonstrado na hipótese de apoiadores do presidente terem investido nos disparos de mensagens o equivalente a pelo menos 10% da despesa total da campanha”.

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 64 comentários
TOPO