Os 110% de Lúcio Funaro

Perguntaram a Lúcio Funaro, na audiência da Justiça Federal, se ele confirmava tudo o que dissera em sua delação premiada.

“Ratifico 110%”, respondeu o doleiro, rindo.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 11 comentários
  1. Então que tal aquelas máquinas da verdade? Se material israelense foi citado como explorado com eficiência aqui no Brasil (onde mais?) a favor de sujeitos desse porte, que tal aquela outra traquitana vista até em programas populares de TV no feudo infestado por picaretas? A pergunta é básica: as tais máquinas, até mais sofisticadas, não poderiam ser empregadas a favor da ala oficial que presta aqui no Brasil? Claro que se leve em conta o risco de estar tratando com um adestrado por ex-funcionário público da mesma banda podre da Iolanda e do mandante do traficante de dólar na cueca, ladrões genuínos, e tudo indica o manipulador desse boquirroto 171 para atirar flecha no alvo escancarado da lacraia revanchista ora aposentada. Mais vitalícios levianos e sádicos para sustentarmos, máscaras de vestais, nata do luxo pedalando, rebolando o bundhão, pescando tilápia e se coçando asquerosos com “montanhas” do nosso dinheiro.

  2. O importante não é o que o delator diz, mas o que pode provar? Afinal delação não é prova, são indícios de crime e nada mais.

  3. Na atual situação em que se encontra o país, corrupção saindo pelo ladrão. .. vendo pessoas atacando e outras defendendo. .. pergunta. ..
    – Funaro fala a verdade ou mente?

  4. Ele tem o HD com as visitas, não? Temer tem o escritório perto. Deveria ir lá “tomar café”, vez por outra… Funaro não disse tudo. Está protegendo a família da esposa…

Os comentários para essa notícia foram encerrados.