“Os 14 milhões de desempregados são fruto dos governos aos quais o senhor serviu”

Henrique Meirelles quis saber de Jair Bolsonaro qual o plano do candidato do PSL para enfrentar o desemprego no Brasil.

“É necessário um plano concreto, objetivo. Não se cria emprego no grito”, pontua o ex-minsitro da Fazenda.

Bolsonaro afirma que “tudo o que o PT e o PSDB fizeram” provocaram esse quadro atual — e aproveita a resposta para lembrar que Meirelles trabalhou para a JBS.

“Não sou economista, mas o emprego passa por usar o governo para atender ao povo, não aos amigos do rei.”

Bolsonaro também defende a desburocratização.

Meirelles insiste que é preciso seriedade. E Bolsonaro reforça, voltado para Bolsonaro no centro do “ringue” do estúdio da Rede TV, que “os 14 milhões de desempregados são fruto dos governos aos quais o senhor serviu”.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 12 comentários
  1. Meireles, o nosso GRU Malvado Favorito, meteu os ferros no Bolsonaro. Mostrou pra ele que para fazer tem que saber fazer, ter experiencia e saber trabalhar, o que o Bolsonaro nunca fez na vida.

  2. Bolsonaro é um desonesto intelectual, o PSDB deixou o governo em 2002, Lula pegou um Brasil no azul muito diferente do Brasil que o PT deixou, não valorizar o correto é ser desonesto intelectual

  3. Geraldo ORCRIMin = meirelles = aecio = temer = serra = FTHC = beiçola = gianetti = zédirceu=paulo preto = cunhado = paulinho da força = cabral = paes = waldemar = jefferson = lula = gleisi = … = OR