Os 3 ministérios que o Centrão quer

Como noticiamos ontem, a recriação do Ministério das Comunicações para abrigar um deputado do PSD deixará o Centrão ainda mais afoito por espaços no governo de Jair Bolsonaro.

Nos bastidores, há, sim, uma pressão cada vez maior pela recriação de mais ministérios, como o próprio Ministério da Segurança Pública. Também chegam ao Palácio do Planalto sugestões para ressuscitar as pastas do Desenvolvimento Econômico e das Cidades.

Mas O Antagonista apurou que, sem muita esperança de terem a mesma “sorte” do PSD, o tal “consórcio de partidos do centro” — como alguns deputados passaram a chamar o Centrão — está de olho em ministérios já existentes.

São três especificamente: Desenvolvimento Regional, Saúde e Educação.

No Ministério do Desenvolvimento Regional, de onde jorram bilhões e bilhões de reais para estados e municípios, caciques do Centrão tentam se aproveitar da relação ruim entre o atual ministro, Rogério Marinho, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para “vender soluções” a Jair Bolsonaro.

Na Educação, apostam em um desgaste crescente de Abraham Weintraub — de todo modo, já estão conseguindo “comer pelas beiradas”, com os cargos no
Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por exemplo, repartidos entre Progressistas (antigo PP), de Ciro Nogueira, e PL (antigo PR), de Valdemar Costa Neto.

Sobre a situação no Ministério da Saúde, comandado interinamente pelo general Eduardo Pazuello, um líder do Centrão disse o seguinte a O Antagonista:

“Até hoje, 12 de junho, os milicos estão lá. Mas daqui a um minuto, não sabemos: as circunstâncias políticas no Planalto podem mudar. O cenário está muito dinâmico.”

O Centrão adora um dinamismo.

Leia mais: Brasil precisa dos DADOS REAIS sobre a Covid-19
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 59 comentários
TOPO