ACESSE

Os ajustes ainda desconhecidos para votar o projeto de abuso de autoridade

Telegram

Senadores que antes atacavam o projeto de abuso de autoridade andam afinando o discurso, sob a alegação de que Rodrigo Pacheco “está ouvindo muita gente e fazendo alguns ajustes”.

Os ajustes, por ora, são desconhecidos.

A votação da matéria — na CCJ e no plenário do Senado — será na quarta-feira, mesmo dia em que as atenções estarão voltadas para a comissão especial da reforma da Previdência, onde o parecer de Samuel Moreira deverá ser apreciado.

O ATAQUE DO HACKER AO JORNALISMO INDEPENDENTE. Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 27 comentários