Os aliados infiéis de Alckmin

A coligação montada por Geraldo Alckmin não lhe garantiu apoio desses partidos nos estados.

Dos 216 diretórios das siglas que formam aliança em torno do tucano, apenas 96 estarão em seus palanques, registra a Folha.

Nos demais casos, os aliados estarão em palanques do candidato do PT, Ciro Gomes, Alvaro Dias, Marina Silva, Henrique Meirelles e Jair Bolsonaro.

Entre os partidos da coligação de Alckmin, o DEM é o mais fiel e apoiará o candidato em 22 estados.

Já o mais infiel é o PR, que subirá em palanques do presidenciável tucano apenas em 9 estados.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 33 comentários
  1. O Brasileiro quer um candidato com experiência e único que pode oferecer experiência e capacidade administrativa é Geraldo Alckmin, além de experiente e capaz ele tbm deixou um legado de trabalho no E

  2. Está claro que Alckmin está incomodando os adversários. Perceberam qe ele é o mais capacitado para ser nosso presidente e começaram a apelar. Mas não vai ter jeito, esse ano teremos #GeraldoPresidente

  3. o antagonista força a barra e entorta um pouco os fatos para parecer que é um problema do alckmin, qdo o problema é geral…. em PE o pt, retirou na marra sua candidata, e apoia outro partido…..

  4. A aliança do Geraldo é apenas para tempo de TV e rádio já que água e óleo não se misturam e ademais não vai lhe garantir nada já que essa turma de picareta gosta de dinheiro.

  5. geraldo centrão da corrupção ORCRIMin, geraldo PCC ORCRIMin, geraldo roubamerenda ORCRIMin, geraldo paulo preto ORCRIMin, geraldo beiçola ORCRIMin, geraldo rodoanel ORCRIMin, geraldo $TF ORCRIMin, ger

  6. Que os presidenciáveis, esquerdopatas, LADRÕESCENTRÃO entendam DE UMA VEZ: BOLSONARO FALA o que seu ELEITOR também fala, pensa, acredita, acha, quer que ele diga de maneira clara cristalina SEMPRE.

  7. Traição na política? Quem diria? Os políticos brasileiros são tão decentes que até espanta que alguém dessa área tenha capacidade de trair, principalmente os compromissos assumidos com eleitores.

  8. “Ao contrário da direita, que nem movimento é, a esquerda é e sempre foi um movimento político internacional. A velha internacional socialista apenas mudou de forma e aparência…”