Os alvos de Cunha

Renan Calheiros apostou que Cunha cairia atirando. Lauro Jardim, em O Globo, aos poucos mostra os alvos do presidente da Câmara.

Há duas semanas, revelou que um deles seria Chico Alencar, por suposta fraude em documentos nas contas da campanha de 2014. Agora, Jardim aponta Júlio Delgado, membro do Conselho de Ética, contra quem Cunha estaria buscando “esqueletos no armário”.

Também nessa tarde, Sílvio Costa, um dos mais barulhentos adversários de Cunha, foi punido pela Câmara com uma “censura escrita” por ter afirmado que o presidente da casa estava “acobertando bandido”. Mas se trata de uma penalidade simbólica que pouco sujará a ficha do parlamentar.

Até Cunha puxar o gatilho, tudo não terá passado de mais um dos muitos blefes do presidente da Câmara.

Faça o primeiro comentário