Os azarões de Bolsonaro

Os azarões de Bolsonaro
Foto: Reprodução

Nos bastidores em Brasília, Kassio Marques está sendo comparado a Augusto Aras, um nome sem expressão colhido no ‘baixo clero’ do Judiciário.

Como no caso do PGR, a indicação do novo ministro do Supremo é fruto de uma composição política entre velhos setores do sistema.

Conta para sua escolha o ‘perfil baixo’, a opção por decisões colegiadas e total ausência na imprensa. Além daquela pontinha petista, já que Wellington Dias é um grande amigo.

Leia mais: O PGR age para blindar Bolsonaro? Clique aqui para ler na íntegra
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO