Os brasileiros seguem o general

Os militares têm o direito de opinar sobre política.

É o que dizem 61% dos brasileiros, de acordo com o Datafolha.

Só 33% consideram o contrário.

A pesquisa foi feita depois que o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, usou sua página no Twitter para dar um ultimato à ORCRIM.

Os brasileiros entenderam e concordaram com a mensagem.

Comentários

  • Akim55 -

    Militares "presos" nos quartéis sem direito a falarem sobre politica e os Políticos livres saqueando a nação. Pode isso Arnaldo?

  • x -

    Sim eles também fazem parte da população de certa forma. Podem opinar e dar ultimatos caso percebam que não obedecem a ordem. Tem muitos que não gostam nada de aceitar e sabemos quem são.

  • Estupefata -

    Militantes do PT podem abrir a boca para instigar uma revolução, dizer que vai haver morte, incitar uma guerra civil convocando inclusive o "exército" do MST ou MTST, e nada se fala, ninguém parece repreender tais atitudes mas, quando um General do alto comando do Exército Brasileiro, como o General Eduardo Villas Bôas, de trajetória irrepreensível, vai no seu twitter e demonstra sua preocupação com o Brasil e seu repúdio a impunidade, mostrando a todos os cidadãos brasileiros de bem que não estamos sós, aí ele é criticado, massacrado até, isso é um absurdo! O Brasil não pertence a esses partidos que se dizem de esquerda, e muito menos a corruptos! Nossa sociedade clama por ética, moral, paz, esperança, ordem e se Deus quiser muito progresso! Parabéns e obrigada General Villas Bôas!!!!

Ler 73 comentários