Os chavões de Bolsonaro

Telegram

O Estadão reprovou os discursos de Jair Bolsonaro durante a posse:

“Bolsonaro repetiu os chavões da campanha, em vez de apontar soluções efetivas para os problemas do País. Insistiu em alguns diagnósticos genéricos, mas nos dois discursos não se vislumbrou ao menos um pálido esboço de plano de governo para enfrentar tais problemas.

E, se a preleção no Congresso não deu razões para o otimismo, o segundo discurso de ontem, no parlatório, resvalou num populismo rasteiro – um claro sintoma de que não se deu conta dos desafios que terá de enfrentar nem do real papel que terá de exercer como presidente da República (…).

Corrupção é um crime violento. Venceremos em 2019? Leia AQUI

Além de descer do palanque, o presidente Bolsonaro precisa colocar os pés na realidade. O discurso populista é comprovadamente incapaz de assegurar os bons resultados que o País demanda. O Brasil, já dissemos nesta página, tem esperanças no governo Bolsonaro. Mas cabe a ele, e só a ele, transformar essas esperanças num Brasil próspero e sem divisões.”

Jair Bolsonaro pode continuar no palanque, desde que Paulo Guedes, Sergio Moro e o general Augusto Heleno coloquem os pés na realidade.

Comentários

  • Joel -

    Poucas palavras e muita ação, esperem pra ver sues cretinos !

  • Elisiane -

    Eles queriam um discurso de horas?

  • Afonso -

    Lula no mandato inteiro criticava foi o FHC que privatizou e vendeu o Brasil. . Dilma e frases loucas entrou no Nós contra Eles. Bolsonaro na posse contra o marxismo cultural e o polticamente correto

Ler 236 comentários