Os companheiros de Garotinho

A Operação Chequinho, da PF, que prendeu Anthony Garotinho, já havia detido dois vereadores em Campos, por suspeita de fraudes a um programa de assistência social em troca de votos, informa O Globo.

Ozéias Azeredo Martins e Miguel Ribeiro Machado, reeleitos em outubro, são acusados de corrupção ativa e passiva eleitoral, formação de quadrilha, boca de urna e fornecimento de alimentação ilegal.

Faça o primeiro comentário