Os compromissos do futuro presidente da Câmara exigidos por 29 deputados

Os compromissos do futuro presidente da Câmara exigidos por 29 deputados
Foto: Divulgação/Agência Senado

Um grupo de 29 parlamentares, incluindo deputados bolsonaristas e do partido Novo, divulgou uma carta exigindo alguns compromissos do futuro presidente da Câmara.

Eles querem, por exemplo, a redução do número de comissões da Casa (onde são 25) e uma ampla reforma no regimento interno, “de forma que garanta a previsão de mecanismos de obstrução mais inteligentes e o compartilhamento de decisões com o Colégio de Líderes”.

O grupo também defende uma reforma administrativa da Câmara, com “a redução e racionalização dos gastos dos gabinetes e a eliminação de privilégios”.

Os deputados que assinam a carta exigem, ainda, que a pauta de votações seja definida com pelo menos uma semana de antecedência e que seja vedada a inclusão de novas matérias durante a sessão.

Além disso, elencam projetos que devem ser votados: reforma tributária, reforma
administrativa, PEC do Pacto Federativo, privatização da Eletrobras e demais privatizações, prisão em segunda instância; fim do foro privilegiado, reforma política e fim dos supersalários.

O grupo diz esperar “a garantia da independência da Casa Legislativa em relação aos demais poderes da República”.

Leia aqui a íntegra da nota e veja quem são os signatários.

Leia mais: Como o candidato Artur Lira já se movimenta para escapar da Justiça valendo-se da parceria com Bolsonaro.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 28 comentários
TOPO