Os disparates de Alexandre de Moraes

Depois de se reunir com Cármen Lúcia, o ministro Alexandre de Moraes deu uma entrevista assustadoramente disparatada.

Ele disse que, desde dezembro, o governo do Amazonas sabia do plano de fuga dos criminosos:

“O governo estadual disse que tomou todas as providências para evitar fugas. Não está caracterizada nenhuma omissão até o momento”.

Se o governo sabia e, mesmo assim, permitiu a fuga de 184 criminosos e o assassinato de outros 56, a omissão é ainda maior.

Alexandre de Moraes reconheceu também a culpa da Umanizzare, que administra os presídios amazonenses desde 2014, mas evitou culpar o governo do Amazonas:

“Eu não tenho dúvidas em afirmar que houve falha de quem toma conta da penitenciária. Agora, estender isso a outras autoridades, só se houver prova”.

Mas quem contratou a Umanizzare? E quem controla seu trabalho?

Faça o primeiro comentário