Os dois ministros do STJ delatados por Cabral

A Crusoé, que teve acesso a uma parte dos relatos de Sérgio Cabral, revela que ele enredou dois ministros do STJ: Napoleão Nunes Maia e Humberto Martins.

Com base no que diz ter ouvido de Orlando Diniz, Sérgio Cabral afirmou que a contratação do escritório do filho de Humberto Martins teria por finalidade obter uma decisão favorável de Napoleão Nunes Maia Filho.

Leia a reportagem completa aqui.

Comentários

  • Aldo -

    Ouviu dizer? Sem provas isto é igual a nada.

  • Marco -

    Sabido o esquema. LAVA TOGA JÁ!

  • Cláudio -

    E agora STF!!!

Ler 63 comentários