Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Os envelopes de Lula

Em seu depoimento à juíza Gabriela Hardt, o engenheiro Emyr Diniz Costa disse que ocultou a propina repassada a Lula no sítio em Atibaia:

“Fui lá instruído para poder encontrar uma forma de regularizar a obra para que não parecesse que a Odebrecht tinha feito a obra e que constasse que o senhor Bittar tivesse feito.”

Ele disse também que envelopes com dinheiro em espécie, vindos do departamento de propinas da empreiteira, eram entregues diretamente a Aurélio Pimentel, o assessor de Lula que cuidou da reforma da propriedade:

“Envelopes fechados para que o Frederico entregasse ao senhor Aurélio.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO