‘Os fatos mostraram que eu tinha razão’

Foi isso que Michel Temer disse na volta da viagem à China, segundo o relato de Eliseu Padilha, da Casa Civil — releiam aqui o que publicamos ontem.

O presidente se referia às suspeitas sobre o acordo de delação premiada da JBS –em que ele foi acusado de receber propina do grupo– e especificamente sobre Marcelo Miller, acusado de orientar Joesley Batista e Ricardo Saud quando ainda era procurador.

Resta saber o que os fatos das próximas delações, incluindo a de Lúcio Funaro, vão mostrar.

E a corridinha de Rodrigo Rocha Loures, levando uma mala com 500 mil reais de propina, continua a ser um fato.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 20 comentários
    1. JOESLEY ENTREGA A GLOBO/JN
      Notem o seguinte: Joesley está falando nos audios muito antes da delação ser fechada. Mas ele diz o seguinte: não vou ser preso, ninguém vai ser preso, vai sair no Jornal Nacional.
      Meses depois é o Jornal Nacional, quando a PGR aceita a delação, é o JN que dá o furo antes de todos e segue na campanha para derrubar Temer.
      Não é muito estranho???

      1. O que eu vi, por essas bandas daqui, foi apoio ao vice-presidente
        Temer quando assumiu após o Impeachment, como manda a lei.
        Agora, não dá para apagar o que ouvimos e vimos do Temer
        e da cúpula do PMDB que administram o país. Não somos petistas.

    2. E Oantagonista não pode falar que não foi avisado.
      O Brasil inteiro sabia que esta estória cheirava muito mal.
      Mas somente Janot e sua equipe, a Globo e Oantagonista passaram recibo nesta estória, deixando uma desconfiança sobre si no ar.
      Que pena… Demora pra criar credibilidade, mas perde-la é bem rápido.

    3. Pouca gente prestou atenção a um detalhe quando o Joesley fala de como contar a Tici as suas traquinagens. Ele diz: vou falar 15 minutos antes de sair no Jornal Nacional ….. e a imagem é da adega daqui de casa. COMO ELE SABIA O QUE IA SAIR NO JN ANTES DE FORMALIZAR O ACORDO DE DELAÇÃO E DO VASAMENTO??? A Globo já tinha a matéria pronta?? Estranho não??

      1. Cara, é isso que mais chama atenção nas gravações.
        E ninguém, ninguém mesmo (Oantagonista e outros) fala sobre isso.
        Tem coisa errada aí…

    4. O fato de Joesley, Ricardo, Marcelo e Janot ainda não terem sido presos aponta que o STF é refém. A presidente do STF não tinha de divulgar nenhuma nota, mas sim cópia dos mandados de prisão dessa quadrilha. O Gilmar tem razão quanto ao Supremo não ter colocado limites na atuação da PGR. Me faz lembrar o caso do SNI. O Estado confere poderes demais a uma instituição e de repente percebe que ela está se sobrepondo ao próprio Estado.

    5. Parabéns ANTAS e parabéns ao incompetente do Janot, conseguiram transformar um ladrão como Temer em vitima.
      A sede do Janot para mostrar que têm “couro grosso” em parceria com a sede dos ANTAS nas exclusivas patrocinadas pela PGR, criaram toda essa situação. Uma PGR DESMORALIZADA E REFÉM DE BANDIDOS. Não dá pra acreditar que toda essa lama ocorreu sem que o Janot soubesse de nada e que os ANTAS fossem cegos e tapados ao ponto de NUNCA QUESTIONAREM NADA dessa delação, pelo contrário, vocês ANTAS foram os porta-vozes dessa situação, ofenderam tudo e todos na defesa do acordo da delação, chegando ao ápice quando OFENDERAM os leitores do blog.
      Lamentável é perceber que ainda existe idiotas úteis que estão “elogiando” os ANTAS.
      Algo de muito podre ainda virá à tona, coitado daquele que acredita numa imprensa isenta e imparcial, que lutam por um Brasil mais justo, mesmo morando fora dele
      ACORDEM!!!

      1. Fernando, você falou tudo.
        É o que vi desde o início deste episódio grotesco.
        Oantagonista e Globo foram os canais de comunicação utilizados pela JBS para se defender.
        O pior efeito colateral foi tornar Temer o lado correto da estória. Só idiotas ou mal intencionados conseguiriam isso.
        E a minha conclusão é esta: não tem inocente nesta estória. Nem Janot, nem Globo, nem Oantagonista é, infelizmente.