Os heróis que eles não são

O Estadão dedicou um editorial a Marcelo Odebrecht e André Esteves, mas o texto deve ser lido por todos os brasileiros que fazem da relação promíscua com o poder público uma escada para o sucesso. No trecho mais forte, o jornal comenta o papel que deveria caber a empresários desse porte.

Leiam o que o Estadão publicou:

“Marcelo Odebrecht e André Esteves – principalmente este, que construiu ele próprio seu império financeiro – deveriam ser heróis da economia de mercado e exemplos a serem seguidos por quem ambiciona vencer no mundo dos negócios. Não são. Não há mérito nenhum nos artifícios criminosos de que são acusados – e, no caso de Odebrecht, já condenado. Na verdade, pela posição que ocupavam na sociedade, eles são peças-chave da forte crise moral que se abate sobre o País.”

Faça o primeiro comentário