“Os jornais existem para falar mal”

A Folha de S. Paulo reproduziu um trecho da entrevista de Otavio Frias Filho ao Roda Viva, em 1996.

Ele diz:

“A função da imprensa tem um relevo antipático, hostil. Estou convencido de que os jornais existem, se é para simplificar, é para falar mal. A função da imprensa é de interpelação, de fiscalização.”

É a melhor maneira para recordá-lo.

Temas relacionados: