Os juristas de Temer atacam Benjamin

A Folha de S. Paulo informa que, nesta segunda-feira, os advogados de Michel Temer apresentam ao TSE pareceres de quatro juristas que endossam as teses da defesa e atacam Herman Benjamin.

Ives Gandra da Silva Martins, por exemplo, diz que o julgamento de Michel Temer tem de ser separado do de Dilma Rousseff.

E Luiz Fernando Pereira diz que houve uma “metamorfose” no objeto do processo e que os depoimentos da Odebrecht precisam ser anulados.