Os líderes do PMDB são outros

A disputa para escolher o novo líder do PMDB, na quarta-feira, é um dos assuntos mais irrelevantes de todos os tempos.

O Globo acaba de informar que Pedro Paulo foi exonerado pelo prefeito do Rio de Janeiro para poder votar em Leonardo Picciani.

Pedro Paulo não é nada. Leonardo Picciani não é nada. Hugo Motta não é nada. Eles só fazem o que os outros mandam. E os outros ainda não decidiram o que eles têm de fazer.