Os negócios do assessor de Dilma

O assunto no Palácio do Planalto, hoje, não é o impeachment.

Estão todos apavorados com o RedBar, localizado no estádio do Beira-Rio.

O estádio foi construído pela Andrade Gutierrez. E a loja ocupada pelo RedBar foi concedida pela empreiteira.

Qual é o problema?

Simples: um dos sócios do RedBar, inaugurado duas semanas atrás, é Anderson Dorneles, assessor pessoal de Dilma Rousseff, já chamado de anjo da guarda da presidente, o secretário particular que está sempre com ela.

Dilma Rousseff cuidou da reforma do Beira-Rio e negociou o financiamento das obras com a Andrade Gutierrez, a empreiteira que agora promete delatar a propina paga para construir os estádios da Copa de 2014.

Esse é o problema.

Anderson Dorneles é vermelho como Dilma

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

© 2017 - O ANTAGONISTA Todos os direitos reservados