ACESSE

Os patrocínios de Guilherme Schelb

Telegram

Em 2004, Guilherme Schelb foi acusado de pedir patrocínios para um site e um livro a empresas que teriam sido beneficiadas pelo procurador.

O advogado de Schelb era Kakay.

Leia também:

Presidente eleito, olhe o passado de Schelb

Você CARA A CARA com Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas e convidados. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários