Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Os planos de Bolsonaro contra Moro

Presidente da República vai intensificar ataques tentando associá-lo à traição e pretende criticar ações do ex-ministro da Justiça
Os planos de Bolsonaro contra Moro
Foto: Marcos Corrêa/PR

Jair Bolsonaro (foto, à direita) bateu o martelo: vai tentar, a todo o custo, “desconstruir” a imagem do ex-juiz Sergio Moro, visto por ele como seu principal adversário na disputa eleitoral de 2022. O presidente da República foi alertado por aliados que seu ex-ministro tem potencial para angariar votos entre os conservadores e até mesmo na sua atual base de apoio.

Como noticiou hoje o jornal O Globo, a estratégia ofensiva de Bolsonaro começou a ser explicitada durante a live de ontem, quando ele chamou Moro de “mau-caráter”. A ideia, conforme O Antagonista apurou, é que Bolsonaro tente impor a narrativa de que Moro é um “traidor”, um “mentiroso”, “mau-caráter” e até “incompetente”.

Isso deve ficar latente em entrevistas e nas intervenções no cercadinho do Palácio da Alvorada.

Para “ratificar” a sua tese, Bolsonaro foi aconselhado por aliados a expedir uma Medida Provisória para transferir o Coaf para o Ministério da Justiça.

Aqui, segundo apurou O Antagonista, a intenção é se apossar de uma bandeira do Moro no ano eleitoral para tentar esvaziar o discurso de combate à corrupção do ex-ministro.

Além disso, aliados acreditam que o Coaf sob o comando do ministro Anderson Torres não corre o risco de voltar suas forças contra os aliados do presidente da República.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....