ACESSE

"Os poderes que estão aí têm que ser respeitados", diz Bolsonaro

Telegram

Em entrevista a Datena, Jair Bolsonaro contou que conversou há pouco com Eduardo sobre a polêmica declaração do AI-5. Disse que ele deveria considerar pedir desculpas pela frase, que teria sido mal-interpretada.

“O que a gente fica chateado é que qualquer palavra fora de contexto vira um tsunami. Eu falo sempre com eles isso aqui e me policio também.”

Segundo Bolsonaro, não existe outra maneira de mudar o Brasil que não seja pela via democrática.

“Nosso poderes que estão ai têm que se respeitados e ponto final. O STF tendo à frente o Dias Toffoli, a Câmara tendo o Rodrigo Maia, o Senado tendo o Davi Alcolumbre. Não temos que ficar discutindo picuinhas.”

(Pequim - China, 26/10/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, fala com a imprensa brasileira, após o café da manhã. Foto: Isac Nóbrega/PR

Nas próximas 2 ou 3 semanas, algumas questões realmente importantes — e que provocam paixões — devem chegar a seu ápice e, talvez, a um desfecho. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 69 comentários