Os pontos do candidato ao comando da política externa de Bolsonaro

Cotado para assumir o comando da política externa do novo governo, Luís Fernando Serra — que foi embaixador na Coreia do Sul — ganhou pontos com a equipe de transição ao criticar o ex-chanceler Celso Amorim, relata a Folha.

Nesta semana, Fernando Serra teve uma longa reunião com Onyx Lorenzoni.

O que não se faz para conseguir um cargo alto, não é mesmo?

Um lobista já é apontado como fonte de problemas do futuro governo Bolsonaro. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 41 comentários
  1. Brincadeira, é político e diplomata… Tudo querendo dinheiro e poder! Assim, fica difícil qualquer governo honesto querer salvar o Brasil do buraco que o PT nos meteu depois de 13 anos de Corrupç

  2. Nao sei quem é, nao posso julgar carater, o mais importante é que ele siga as determinações do novo governo nas relação exteriores sem viés ideologico, se nao fizer troca, simples assim

    1. As opções parecem ser tão fracas que tá quase sendo melhor colocar esse aí mesmo.
      .
      O corpo diplomático brasileiro tá tão terra arrasada assim?! Não é possível, tem que existir alguém qu

    1. Vcs estão drogados parece … tdo mundo é comunista se não e do entorno do Bolsonaro?? Como é que o Brasil ainda é capitalista hein? Que paranoia

  3. Estar rolando um papo na imprensa que o Michel Temer será nomeado embaixado do Brasil na Itália. Esperamos que isso seja noticia plantada. Se isso acontecer será um desatino do Bolsonaro!

  4. Celso Amorim o “ministro” das relações exteriores era anulado tanto pelo assessor de lula o marco aurélio garcia (o top-top) como pelo secretário-geral do itamaraty samuel pinheiro guimarães e

  5. Para manter o eterno STATUS QUO: TUDO ESCURO SEM ABRIR AS CORTINAS e continuar o tudo dantes no Quartel do Abrantes, ressuscite-se o Barão do Rio Branco e tudo fica em casa como o Diabo gosta

  6. Não questiono o nome do cotado ou capacidade ao cargo, mas quem estar conversando com ele o Onyx? Porquê o próprio presidente não conversar com ele por se tratar de um posto estratégico, hein?

  7. O Jair tem a chance de OURO em tirar da MESMICE e da continuação eterna e sem fim do feudo esquerdopata das RELAÇÕES EXTERIORES. Nomear mais um diplomata bitolado, quando se tem o moderno, o NOVO

    1. O Jair tem de ter a coragem de inovar para obter-se o melhor. O simples fato de criticar o Celso Amorim, coisa que o Brasil inteiro faz virou REFERÊNCIA? Coragem e discernimento. MAIS DO MESMO?

  8. A conversa não deveria ser com Bolsonaro? Porquê com um futuro ministro e não com o presidente? Votei no Bolsonaro e não acredito que a seleção de integrantes para o governo sejam feitas pelo On

  9. O que a Folha diz não se escreve. O Luiz PHILIPPE é o nome. Oportunidade única de BRANQUEAR o Ministério do Jair. O Brasil sai no lucro. O Onyx é PÉ DURO no assunto. Fique de fora.