Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Os que não concordarem, peçam para sair”

Em evento do PSDB na noite de ontem, João Doria pregou que tucanos que sejam acusados de irregularidades devem se afastar do partido para cuidar de suas defesas.

“Nós não estamos aqui construindo o novo PSDB obrigando todos a concordarem. Não há democracia por unanimidade. Mas os que não concordarem, peçam para sair”, disse, segundo a Folha.

“Se alguém fez coisa errada, que pague por isso, que tenha seu julgamento e o direito de defesa pleno. Nós não vamos condenar ninguém antes. Mas peça licença, tenha grandeza, se afaste. Faça sua defesa, se for isento, volte, será bem-vindo, será aplaudido, será abraçado. Mas enquanto, neste processo, tenha dignidade e o respeito de fazer a sua defesa na plenitude, mas fora do PSDB.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO