ACESSE

Os sem-teto eram obrigados a participar dos atos em defesa de Lula

Telegram

Além de pagar aluguel para a assessora do PT, Ednalva Franco, os sem-teto eram obrigados a participar também dos atos em defesa de Lula.

Um deles disse para a Folha de S. Paulo:

“Quando tinha um ato, eu colocava a camiseta do movimento e ficava perto dela. Fazia questão que ela me visse várias vezes, para eu marcar presença. Depois trocava a camiseta e ia embora.”

A assessora do PT admitiu candidamente o achaque:

“Cada movimento social tem suas regras. Apresentamos nossa rotina quando a pessoa ingressa no movimento. A partir de então, se quiser continuar, precisa seguir as regras do grupo.”

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 157 comentários