Os sindicalistas de toga querem garantir, pelo menos, 1 mil reais por mês

Como registramos, o CNJ vai discutir amanhã, na última sessão do ano, a regulamentação do auxílio-moradia.

A Folha diz que associações de juízes e procuradores levaram ao debate três propostas para retomar o benefício.

“Duas estendem o benefício a todos os integrantes das categorias, com valor menor do que o pago nos últimos anos. A terceira restringe o acesso ao penduricalho.”

Uma das sugestões, acrescenta o jornal, é garantir o benefício para todos com valor fixo a ser determinado, de no mínimo R$ 1.000, “para compensar o desconto maior de Imposto de Renda que eles terão com o reajuste aprovado em novembro”.

Até o general Hamilton Mourão já comentou a história do ex-motorista de Flávio Bolsonaro CONFIRA AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 70 comentários
  1. Concordo com o auxílio aos Juízes e promotores cujas comarcas são fora do seu domicílio. Pois terão que pagar aluguel ou estadia e isso acarreta mais custos do que os que atuam em sua Cidade.

  2. 😠 De onde vão tirar o dinheiro para pagar a farra do judiciário, pela lei do sufoco, 20 anos sem aumento nos gastos públicos, da saúde, educação ou da segurança? A Ju$tica acima da lei!

  3. 😠 os da lei usando a lei de Gerson (ele que me perdoe, o melhor meio de campo, colocava a bola onde queria, não nasce um igual, que nem Pelé, na posição dele) para levar vantagem em tudo.

  4. Só passei pra lembrar que funcionário público, simplesmente, não paga IR. O estado retém uma parte do que pagaria, uma mera formalidade, pois o recurso vem mesmo é do NOSSO BOLSO. Sendo assim…

  5. Se o CNJ não consegue combater o excesso de cobrança do “Leão”, imagine o cidadão comum que nem tem “anexos” no salário para compensar isso? Transferir o “bolsa-presidiário” pra eles, amen

  6. Se eles querem diminuir o desconto do IR, cortem os salários. Também quero alguma gratificação para compensar a mordida do “Leão” que leva uma boa parte do meu salário. Estão com muito poder

  7. eles querem a legalidade de algo que é imoral, portanto deve ser ilegal, querem manter a brecha a solução é uma lei perfeita que amarre tudo, no entanto até Moro é a favor do dinheiro por fora

  8. Os seres humanos “normais” vivem do próprio salário e pagam, com ele, todas as suas despesas. As “Excelências” com os altos salários que recebem ainda precisam de auxílio-moradia e “compensa

  9. Nojentos! e somos nós que teremos que manter os privilégios desses … votei no Bolsonaro imaginando que ele enfrentaria essa corporação que usa e abusa do dinheiro público. Pelo jeito, me engane

    1. Bolsonaro ainda não assumiu e o Judiciário é um dos Poderes da República, assim como o Legislativo e o Executivo. As “Excelências” precisam de um “semancol” para perceberem que o mundo mudou.

  10. Supremo Lixo Federal liderado pela quadrilha do PT….Fazem o querem….Lixovisky…só vive BEBADO…..PT oofoli articulando pro crime organizado ….Bei$ola …o mesmo de sempre …Rumina e BABA

  11. Os três poderes no Brasil, castas supremas, servem somente para assaltar o cidadão, o contribuinte! Eles não têm nenhuma serventia! Bandidagem, dinheiro e corrupção essa é a bandeira dos velhac

  12. O Lobby do judiciário é mais poderoso, são os Tiranossauros, pela ordem hierárquica está acima do Lobby dos demais servidores, esse em segundo na escala da cadeia alimentar.

  13. Vão a merd@!!! Ladrões togados!!! Estado não produz riqueza, mas arranca de quem produz(indústria, comércio, agricultura e serviços) para dar aos nababos do serviço público. CHEGA D PRIVILÉGI

  14. Isso é uma vergonha. O povo passando fome e o CNJ legislando em causa própria.Essas aberrações é que provocam assaltos, criminalidades, violências, péssima educação saúde, etc.. Acorda povã

  15. Os sindicatos no Brasil tem que acabar. Ponto. Sao 35 mil ou mais. Nos EUA e na Europa, nao chegam a 50. Uma industria de picaretas que nada fazem pelos associados, mas manipulam e roubam a todos nos.

  16. Capitão: sugiro pedir para que elaborem, apresentem e aprovem, logo no início da nova legislatura, PEC que impeça essas e outras cretinices. Não é tarefa para Guedes, que é amigo do Rodrigo.