Os últimos atos dos presidenciáveis

Telegram

Na reta final para o primeiro turno, Jair Bolsonaro, que lidera a disputa presidencial, começou a por em em prática uma ofensiva via WhatsApp mirando os eleitores de Geraldo Alckmin, João Amoêdo, Alvaro Dias e de Marina Silva.

Fernando Haddad, o segundo colocado, vai focar seus últimos atos no Nordeste, tradicional reduto petista.

Já Ciro Gomes insiste na estratégia de que é a terceira via e busca atrair o voto de quem evita a polarização entre Bolsonaro e Haddad.

Comentários

  • Mauricio -

    Amanhã saberemos se conseguimos eliminar a esquerda nefasta do controle da nação. Daí pra frente vai ser apenas conviver com o choro, que ficará mais ridículo a cada melhora na situação.

  • Ana -

    Chororô de perdedor ... aceita que dói menos ...

  • Jorge -

    Queremos bater de frente com o atraso e destruí-lo.

Ler 80 comentários