Os vândalos olímpicos

Veja conseguiu depoimentos dos funcionários do posto de gasolina onde Ryan Lochte, Gunnar Bentz, Jack Conger e James Feigen aprontaram a baderna, depois transformada em “assalto”.

“Ali começaram a protagonizar cenas de vandalismo. Nos fundos do estabelecimento, os nadadores chegaram a fazer xixi com as calças arriadas e acabaram quebrando uma placa publicitária.”

Deram R$ 160 pelos danos e foram embora.

Faça o primeiro comentário