Otávio Azevedo, a cabeça da engrenagem

Ainda sobre o pagamento de “várias dezenas de milhões de euros ao universo restrito de Lula da Silva”, para que saísse a fusão entre a Oi e a Portugal Telecom, o jornal português O Público noticia que:

“O presidente da Andrade Gutierrez é réu no processo Lava-Jato, sendo-lhe atribuídos os crimes de corrupção, de lavagem de dinheiro e de organização criminosa. Otávio Azevedo é considerado a cabeça da engrenagem que possibilitou o acordo entre a PT e a Oi em Julho de 2010. Um negócio que necessitou de múltiplas autorizações políticas dos dois lados do Atlântico e que começou a ser preparado no final de 2007 como resposta à intenção firme da Telefónica de adquirir os 50% da brasileira Vivo que estavam nas mãos da PT e que era o motor de crescimento da empresa portuguesa.”

Só para reforçar o que já publicamos e dissemos na reunião de pauta: Otávio Azevedo é considerado a cabeça da engrenagem. Otavio Azevedo é o herói de dois submundos.

Estão vendo a cabeça aqui?

Faça o primeiro comentário