OTÁVIO AZEVEDO É LIBERTADO DE NOVO

Era uma questão de tempo para que Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, fosse libertado novamente.

A defesa do executivo entrou com recurso e o MPF deu parecer pela libertação, o que foi corroborado pelo juiz Marcelo Bretas, responsável pela ordem de prisão.

O acordo de delação premiada firmado por Azevedo tem abrangência nacional e as informações repassadas vão beneficiar também a investigação sobre Angra 3, sob comando de Bretas.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200