Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Otávio Fakhoury admite que financiou Instituto Força Brasil

A entidade bolsonarista tentou intermediar a negociação de vacinas que não existiam entre a Davati Medical Supply e o Ministério da Saúde
Otávio Fakhoury admite que financiou Instituto Força Brasil
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O empresário Otávio Fakhoury admitiu há pouco, em depoimento à CPI da Covid, que financiou o Instituto Bolsonarista Força Brasil, defensor de Jair Bolsonaro e responsável por tentar intermediar a negociação de vacinas entre a Davati e o Ministério da Saúde.

Segundo outros depoimentos, o presidente do instituto, Hélcio Bruno, foi o responsável por aproximar os representantes da empresa e integrantes do governo, como o então secretário-executivo, Élcio Franco.

Eu prometi fazer um aporte no instituto para custear o instituto para custear, até que ele tivesse operando, com captação e com membros.”

O depoente, que é o vice-presidente do Força Brasil, disse que não financia mais o instituto.

“O senhor continua no instituto mesmo sabendo que o presidente quis vender vacina que você é contra?”, ironizou Omar Aziz. “O presidente desse instituto tentou vender vacina. O senhor não se vacinou e disse que sua família não vai se vacinar”.

“Nós tivemos uma reunião em que vai ser deliberado se vai trocar a diretoria toda, se vai entrar pessoas novas ou se vai ser extinto.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO