ACESSE

Ótimos rapazes

Telegram

Leia um trecho da coluna de Diogo Mainardi, na Crusoé:

“Antes de trabalhar para Glenn Greenwald, o editor do site The Intercept foi meu cinegrafista. Ele vinha a Veneza todas as sextas-feiras. Armava o tripé na minha sala de jantar, acendia dois holofotes e apertava o botão da filmadora para gravar o Manhattan Connection. Em seguida, pegava o trem e voltava para Roma. Só isso. Eu não sabia nada a seu respeito, a não ser que ele embolsava uns trocados como cinegrafista freelancer da TV Globo. Parecia ser um ótimo rapaz. Quando ele foi embora, em 2011, eu o substituí com um controle remoto. Que também parecia ser um ótimo rapaz.”

O resto da coluna está aqui.

FAÇA DE CONTA QUE A LAVA JATO NÃO EXISTIU. É ISSO QUE SEUS INIMIGOS QUEREM. Leia aqui

Comentários

  • Magda -

    Pago o Antagonista + só p/ ler notícia c/ link pra Crusoé? Não estou gostando disso.

  • André -

    Mainardi, você tá passando vergonha no Twitter... Sai da toca e dá uma olhada lá... Abraço.

  • Adilson -

    Eu,desde o inicio,levei o caso do verdevaldo,p a espionagem clássica.Grampo e divulgação posterior.Eles escapam sempre das leis de segurança passando se p hacker.São espiões!Mas q acredita nisso

Ler 43 comentários