Outro presidente que acha normal comprar votos?

A Folha entrevistou Andrea Matarazzo, pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, depois de Geraldo Alckmim declarar que acha “ridícula” a impugnação da pré-candidatura de João Doria Jr., acusado de compra de votos de filiados e abuso de poder econômico ao infringir as regras eleitorais no primeiro turno.

Leiam uma das respostas:

Folha – O governador Geraldo Alckmin disse considerar ‘ridícula’ a impugnação da pré-candidatura do João Doria.
Andrea Matarazzo – Fiquei preocupado com a declaração do governador. Se ele acha que é normal compra de voto, é mais preocupante ainda. Não considero nada ridículas as denúncias de compras de votos que foram alardeadas pela imprensa, com gravações e tudo. Fico preocupadíssimo de ele achar. Prévias não são e não podem ser assim.

Se ele está acostumado com isso, não sei. Nós certamente não estamos, até porque eu não bebo.

O Antagonista pergunta: o Brasil pode ter outro presidente que acha normal comprar votos?