ACESSE

"Outros pagamentos a Lula"

Telegram

Marcelo Odebrecht, em seu depoimento para a PF, realizado em 8 de agosto, disse que nem toda a propina paga para Lula foi contabilizada na planilha Amigo.

No documento reproduzido pelo Estadão, ele explicou que seu pai, Emílio Odebrecht, tinha outros canais de pagamento, assim como os executivos da empreiteira:

“Reitera que houve outros pagamentos a Lula, acertados por Emílio, que não transitaram pela conta ‘Italiano’ e nem tiveram o envolvimento do colaborador”.

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? VOCÊ PRECISA ESTAR POR DENTRO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO PAÍS LEIA AQUI

Comentários

  • Francisco -

    A certeza da impunidade e o descaramento era tão grande que já faziam pagamentos adiantados por conta das futuras concorrências fraudadas? Não acredito que essas empresas ainda sejam perdoadas( acordo de leniência) e possam participar de concorrências públicas. Vão fazer mais.

  • Fenster -

    Emílio também é tal do pilantra, megalomaníaco, tem que mais é ir pra cadeia, por ser corruptor.

  • edson -

    é inaceitável o acordo com Emílio. Era para estar preso pois está ocultando informações. Fato!

Ler 12 comentários